PG jogos

Waze ou Google Maps? Qual é o melhor?

maps waze 1

Ainda que existam vários navegadores de carros de fabricantes como TomTom ou Garmin, por exemplo, os mais populares são aqueles ligados à plataforma Android Auto do Google, sendo eles Waze e Google Maps.

Os dois aplicativos que pertencem ao Google são amplamente usados e praticamente dominaram a preferência pela navegação por GPS automotivo, tanto que o Google Maps é a base de alguns navegadores nativos de marcas e o Waze é usado até mesmo por emissoras de TV para informação de trânsito.

Com características distintas, os dois apps de navegação estão integrados à plataforma Android Auto, mas também disponíveis para o Apple CarPlay e até mesmo aplicações do gigante da maçã mordida, como o Apple Watch, por exemplo.

A importância para a orientação sobre quatro rodas – e até mesmo sobre duas rodas – desses dois aplicativos é grande, uma vez que se tornaram mais confiáveis que os dispositivos nativos das marcas de carro ou de aparelhos de GPS portáteis.

Waze ou Google Maps? – evolução da navegação por GPS

Android Auto 2

No início da navegação automotiva, os motoristas passaram da orientação por mapas rodoviários, como o famoso da Quatro Rodas, para aparelhos portáteis, com muitas áreas fora de sinal.

Com a internet 3G e depois 4G, os smartphones passaram a ser usados para navegação, quando surgiu o Google Maps, que se destacou na plataforma Android OS e rapidamente superou rivais, inclusive da Apple.

Mais prático, não exigindo a compra de um aparelho específico para a função, já que o celular passou a ter acesso à internet e também geolocalização, o Google Maps seguiu seu curso, especialmente com a sincronização a partir de 2015.

Paralelamente, o Waze – criado em Israel – evoluía até que em 2013 foi comprado pelo Google, mas ganhando notoriedade pouco tempo depois, associando a navegação GPS com uma comunidade online, com seus benefícios e controvérsias.

Após dominar computadores, notebooks e smartphones, o Google Maps foi integrado a centrais multimídias como a MyLink da GM e isso foi um dos pontos importantes da mudança que levou aos dispositivos de mídia a bordo, eliminando o uso de GPS portátil e do uso do smartphone diretamente.

O Waze, contudo, começou a se destacar por conta da interação dos usuários com o app, especialmente relatando detalhes do trânsito, como buracos, obras, veículos parados e especialmente a fiscalização policial, o que gerou polêmica.

Integrado também ao Android Auto, criado pelo Google para ser uma multimídia de celular e depois do próprio carro, em concorrência com o Apple CarPlay, o Waze juntou-se ao Google Maps.

Embora sejam navegadores que compartilham as mesmas informações de dados de tráfego e rotas, os dois são conceitualmente bem distintos, com o Google Maps tendo menos recursos, porém, mais limpo e objetivo, enquanto o Waze é mais colaborativo com interações dos usuários, avisos e alerta, além de uso comercial de POI’s ou Points of Interest.

Diante disso, qual deles é o melhor?

Waze ou Google Maps? – destaques de cada um

Waze

waze 1

O Waze é um aplicativo de navegação por GPS que se destaca pela interação dos usuários, identificados por emojis próprios do app, classificados pela colaboração dos mesmos com o programa, sendo localizados no mapa durante a navegação, como um radar aeronáutico, identifica outros aviões, mas sem dados pessoais.

Focado apenas em smartphones e multimídias de carro, o Waze faz uma análise do tráfego e dá alternativas ao motorista, além de apresentar avisos como radares fixos, fiscalização policial, acidentes, obras, perigos na via e POI´s comerciais, com propagandas desses locais durante o uso.

A apresentação do Waze chega a ser atraente para muita gente, mas o destaque são os alertas, com informações em tempo real dadas pelos usuários, estimulados a confirmar informações de outros, tendo ainda comandos para indicar irregularidades na via ou ocorrências de todo tipo.

Com o Waze, é possível informar toda a rede sobre tais ocorrências e isso ajuda muito durante a navegação, pois, os usuários podem prever problemas e buscar alternativas se for o caso.

O app chega a sugerir alternativas, recalculando rotas e dando uma ampla visão do trajeto, com comunicados e questões feitas pelos chamados “Wazers”, que podem ser respondidas por outros membros da comunidade.

Ele tem um velocímetro online que avisa do limite de velocidade e dá alerta de proximidade do radar, assim como permite ainda que o usuário utilize a orientação por voz usando até a própria voz.

Músicas e podcats podem ser ouvidos por meio do próprio app, evitando a distração de ter de manipular dois apps ao mesmo tempo, além de avisar sobre rodízio, áreas de restrição de trânsito, estacionamento disponível, alerta de melhor hora para sair, entre outros.

O lado ruim do Waze é o excesso de informação, especialmente visual com os emojis dos membros da comunidade, que chegam a encher a tela de navegação, atrapalhando seu uso.

Outro ponto é o modo de orientação que atrapalha em situações onde existem duas ou três saídas no trajeto, como uma praça ou rotatória, por exemplo. Vias muitas vezes não são diferenciadas sobre os sentidos, além de conversões proibidas.

Google Maps

maps

O Google Maps é um navegador GPS simples e focado na orientação, sem uma comunidade online com emojis, tendo ainda poucos avisos, mas informa sobre ocorrência com base em dados obtidos com o Waze e até radares fixos.

O Maps permite uma navegação mais limpa, sem distrações e com uma programação que permite usar até mapas em 3D, sendo ainda capaz de encontrar vagas livres e até permite a orientação em lugares fechados, integrados a rede de dados do Google, com base também no Street View.

Essa integração garante melhor orientação em aeroportos, estádios, museus, entre outros, sendo uma extensão do carro para quem precisa seguir a pé.

O cálculo de tempo considera até o tempo a pé, sendo mais eficiente nesse aspecto, além de ser integrado com a conta de usuário do Google, dando alerta sobre compromissos do usuário, como melhor horário para sair no dia do embarque no aeroporto, sem se pedir essa informação.

Basta um e-mail do Gmail com assunto sendo voo com e-ticket para o Google linkar automaticamente o Maps no dia do embarque, inclusive com a orientação até o terminal.

No entanto, a desvantagem do Maps em relação ao Waze é a falta de avisos dados diretamente por usuários, ainda que seja possível informar algumas ocorrências.

Então, qual deles é o melhor? Waze e Google Maps se completam, mas o primeiro ganha por ter interação maior, dando ao motorista uma visão mais ampla do que ocorre adiante.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do WhatsappeCanal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no PG jogos, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X

PG jogos Mapa do site