PG jogos

Suzuki Jimny – Reclamações e Problemas

Jimny 00

Você já deve ter visto um Jimny rodando por aí, ele não é tão raro e nem passa despercebido, apesar do porte pequeno.

É um modelo curioso, presente no Brasil há bons anos, antes das SUVs serem moda.

Se está pensando em comprar um, ou está apenas curioso em saber os problemas do pequenino SUV japonês, esse texto é pra você.

O modelo tem uma longa história no Brasil, sendo importado até 2012, quando passou a ser produzido em solo nacional.

Em 2022 ele passou o bastão para seu sucessor, Jimny Sierra, que já era importado do Japão desde 2019.

Teve o motor 1.3l de 85 cv e 11,2 kgfm de torque, que proporcionava uma aceleração de 0 a 100 km/h em 15s e a velocidade máxima de 140 km/h.

Tem tração nas 4 rodas, unidades com airbags, ABS, ar-condicionado, direção hidráulica, rodas de liga leve e mais alguns mimos.

Gostou das características do jipinho? Abaixo estão os principais problemas e reclamações:

Consumo elevado

Considerando o tamanho e o desempenho rodoviário do Jimny, o consumo é elevado.

As médias são na casa dos 9 km/l na cidade e 10 km/l na rodovia.

Desempenho ruim para uso diário

O Jimny é um SUV raiz, não há como negar, mas é triste admitir que para uso diário seu desempenho é frustrante.

Uma velocidade máxima de 140 km/h é bem baixa para trafegar com tranquilidade numa rodovia.

Pouco espaço no banco de trás

Se a sua ideia é levar a família toda para fazer trilha aos finais de semana, teste bem a acomodação dos passageiros no banco de trás, provavelmente alguém vai reclamar do pouco espaço.

Manutenção do sistema 4×4

Os carros 4×4 tem mais componentes de transmissão que os 4×2, e muitas vezes a manutenção deles é negligenciada.

Os erros mais comuns são não trocar os fluídos do diferencial traseiro e do câmbio, os fluidos com a especificação correta são um pouco caros, então peça as notas fiscais de troca, se possível.

Trepidação no volante

jimny 002

É bem comum dirigir um Jimny com trepidação no volante, o problema é crônico e se dá pelo desgaste das buchas da direção.

O reparo é simples, mas vale atenção, teste o carro acima dos 70 km/h e note se apresenta o problema.

Acabamento simples e barulhento

O jipinho não tá nem aí pra firula e conta com um acabamento bem simples é que se mostra um tanto quanto barulhento.

Alguns focos de barulho são nos vidros, nos bancos e do próprio motor, visto que a cabine não tem um bom isolamento acústico.

Peças específicas são difíceis de achar

As peças de desgaste são facilmente encontradas na internet, porém algumas peças menos comuns de serem trocadas podem dar trabalho (ou sair bem caras).

Normalmente peças como para-choques, peças da transmissão e de acabamento terão que ser compradas na concessionária e normalmente não são muito baratas.

Conclusão

Jimny 003

O Jimny não possui problemas crônicos graves e tem um conjunto extremamente robusto.

Ele é um SUV raiz, antes desses cheios de firulas que temos hoje, é barulhento, anda pouco, bebe bastante, mas aguenta muita pancada e tem manutenção fácil, do tipo faça você mesmo.

Não vejo como um carro muito bom para uso diário caso o comprador não tenha nenhuma intenção de usar o carro em off-road.

Se no dia-a-dia ou aos finais de semana for utiliza-lo em condições de piso ruim, aí sim já é mais recomendável a compra.

Nas mãos certas vai trazer muita alegria e histórias pra contar, tudo depende do perfil de quem vai usar.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do WhatsappeCanal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



c12OrqyAeQ65CANuSaRgcOXX3cvWvBvO3VrU zKQNKMIjAIN28coKUHnlTgz76QZ90
Autor: Luca Magnani

Engenheiro mecânico na indústria automotiva, pós graduado pela Universidade da Indústria do Paraná em Engenharia de veículos elétricos e híbridos.

PG jogos Mapa do site