PG jogos

Quantos carros cabem em uma cegonha? No Brasil e no mundo

cegonha brasil 4

Cegonha é dita em lenda popular como a ave que leva os bebês para os pais. Da mesma forma, as carretas assim chamadas levam “os filhos” das marcas de suas fábricas para os futuros pais (consumidores).

O setor é muito forte no Brasil, visto que a via ferroviária praticamente não é usada, embora a Fiat tenha feito isso no começo de sua produção em Betim-MG, nos anos 70, levando o 147.

Em geral, o caminhão-cegonha é composto por um cavalo mecânico com potências variadas e geralmente de marcas associadas aos clientes.

Com pequenas rampas móveis internas para melhor arranjo da carga, dependendo do tamanho de cada veículo embarcado, a carreta pode levar geralmente 10 ou 11 carros no padrão usado dentro do Brasil.

cegonha brasil 3

As cegonhas que rodam no país possuem em média dois eixos, mas existem tipos com um eixo. Além disso, alguns implementos rodoviários para transporte de carros apresentam piso único com rampas ajustáveis e possuem capacidade para três ou quatro carros.

Todos os tipos de automóveis são transportáveis por cegonha. Carretas de um piso e três eixos são dedicados ao carregamento de caminhões (de três a quatro) e chassis de ônibus.

Também existem alguns caminhões-cegonha sem semi-reboques engatados, montados sobre o mesmo chassi do caminhão de porte médio-pesado com capacidade menor.

Por aqui, o tamanho padrão é 22,4 m de comprimento com 4,95 m de altura. Os carros levados na cegonha são presos com cintas de nylon travadas nos pneus e o implemento possui informações relativas ao comprimento e altura na parte traseira, além de luzes de sinalização a cada 3 metros nas laterais.

O limite de velocidade imposto legalmente ao cegonheiro é de 80 km/h. Além disso, não podem circular à noite em pistas simples, se tiverem mais de 19,8 m, conforme determina a lei.

Cegonhas no mundo – quantos carros levam?

cegonha eua 2

O caminhão-cegonha não é igual em todos os lugares do mundo. Dependendo das características de cada mercado, o modelo deste implemento rodoviário possui formatos diferentes.

Nos EUA, por exemplo, por conta do tamanho enorme dos caminhões pesados (cavalo mecânico), que geralmente têm três eixos e cabine como uma mini-casa, o semi reboque é articulado em duas partes, sendo que uma delas fica sobre o caminhão e leva em média três carros, enquanto a segunda metade é rebocada e carrega seis carros (foto acima). Um total de nove carros.

No Japão, uma cegonha típica utiliza apenas um eixo e enormes rodas de pneu únicos, formando assim o chamado rodado simples. Eles levam em média sete carros.

Na Europa, existe uma grande variedade de cegonhas, mas geralmente elas apresentam um caminhão plataforma com quatro carros e um reboque com mais seis veículos. Total de dez carros.

cegonha china

Mas, de todos os países, o que mais chama atenção quando o assunto é transportar veículos é a China.

O país asiático extrapola no quesito número de carros levados em cada viagem, criando literalmente trens rodoviários com implementos de dimensões exageradas.

Como o mercado interno movimenta 30 milhões de carros e caminhões por ano, a demanda por transporte é gigantesca.

Tanto é que se o número de cegonhas chinesas, caso tivessem um padrão com 10 carros em cada semi-reboque, representaria uma frota três vezes maior do que a existente por lá.

Então, para levar mais carros sem encher as estradas com carretas, os transportadores chineses adotaram implementos rodoviários de fileira dupla (imagem acima). Essa pode ser na parte superior ou nos dois pisos, tornando a carreta mais larga que o padrão de 2,70 m.

Nesse caso, a cegonha local pode levar em média 30 carros de uma vez, sendo que 14 vão embaixo e 16 em cima.

Assim, são levados desde automóveis de passeio a pequenos caminhões leves. Em outros de uma fileira, os chineses chegam a colocar dois veículos praticamente pendurados fora do semi reboque.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do WhatsappeCanal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no PG jogos, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X

PG jogos Mapa do site