PG jogos

Honda Lead: tudo sobre o scooter que estreou no Brasil em 2009

Honda Lead
Honda Lead

Por ser a fabricante de motocicletas com mais concessionárias espalhadas pelo território nacional, além de ter modelos com mecânica simples e manutenção barata, a Honda costuma se posicionar como líder em vendas em quase todos os segmentos.

E isso acontece entre os scooters desde a chegada do Honda Lead.

O scooter Honda Lead fez a sua estreia no mercado brasileiro na metade de 2009 e pegou uma época um tanto quanto morna da categoria, que naquele ano contava com o Suzuki Burgman 125 como principal representante.

Honda Lead – história

A história do Honda Lead 110 teve início em nosso mercado no mês de junho de 2009, quando ele foi anunciado pela marca japonesa por aqui.

Um mês depois, em julho, o scooter começou a ser vendido na rede de concessionárias em versão única de acabamento, com preço sugerido de R$ 6.250 e quatro opções de cores: bege metálico, prata, preto e vermelho metálico.

O Honda Lead foi comercializado em versões de 50, 80, 100, 110 e 125 cilindradas. O “nosso” Lead 110 foi oferecido em mercados como Canadá e Estados Unidos, nestes casos com o nome “Honda Elite” estampado no documento.

Honda Lead – novidades com o passar do tempo

Série especial em 2010, para celebrar um milhão de unidades vendidas

A primeira novidade na linha do Honda Lead 110 no Brasil foi a série especial batizada de… Special Edition. Esta configuração foi anunciada para comemorar o número de um milhão de unidades do Lead vendidas em todo o mundo.

O Lead Special Edition chegou em setembro de 2010 e não trazia nada de muito especial. Havia somente um novo esquema de pintura em dois tons, com a opção de pintura preta com detalhes vermelhos ou cinza com detalhes em prata. Na ocasião, tratava de uma tendência entre as motocicletas mais caras.

Outro atrativo do Lead Special Edition foi o preço, que sofreu redução frente ao valor cobrado anteriormente – algo bastante raro de se ver hoje em dia. O scooter passou dos R$ 6.062 anteriores para bons R$ 5.650.

Linha 2011 com novas cores

Em fevereiro de 2011, a Honda anunciou o novo Lead 110 2011 com novas opções de cores. O scooter passou a ser comercializado nas cores preto, vermelho metálico, amarelo metálico e rosa metálico.

Além disso, ela manteve o preço promocional de R$ 5.690 (que havia sido reajustado em R$ 40 poucos meses antes).

Nova linha 2012 também com novas cores

O Honda Lead 2012 também foi marcado pela oferta de novas opções de cores. O scooter passou a ser ofertado na linha de 2012 com os novos tons verde metálico e cinza metálico, além do inédito preto fosco com detalhes em preto brilhante.

A cor vermelha metálica também seguiu sendo oferecida. Seu preço seguiu em R$ 5.690.

Mais cores na linha 2014

A última linha marcada pela introdução de novas cores foi a Honda Lead 2014. O modelo foi anunciado juntamente com outras motos da gama, como a Pop 100, Biz 100, Biz 125, NXR 125 Bros, NXR 150 Bros e CB 300 R, que também adotaram novas cores e preços reajustados.

No caso do Honda Lead 110 2014, a paleta de cores passou a contar com as novas opções azul fosco e preto. Além disso, o preço foi reajustado para R$ 6.100.

nova honda lead 2013 vietna

Nova geração estreia no Vietnã em 2013

Em março de 2013, a Honda apresentou no Vietnã a nova geração do Lead (foto acima). O modelo recebeu um visual totalmente redesenhado, com linhas que se aproximaram do SH 125 oferecido na Europa.

Além disso, o Lead de nova geração adotou uma série de novas tecnologias, como farol e lanterna em LED e até sistema start/stop – que desliga o motor após três segundos parado e reativa-o no momento em que o piloto gira o acelerador.

O motor passou a ser um 125 cc, capaz de desenvolver 11,5 cavalos de potência e 1,18 kgfm de torque.

Fim de linha no Brasil em 2017

O Honda Lead 110 deixou de existir no catálogo de motos 0 km da marca japonesa no Brasil no início de 2017.

O modelo foi descontinuado por aqui por, entre outros fatores, por não atender as exigências do Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares (PROMOT 4) de emissões de gases poluentes.

Além do Lead 110, outra motocicleta descontinuada pela Honda no mesmo período foi a CB 1000R, que se posicionava com a naked mais cara e potente da empresa por aqui. Ambos os modelos foram descontinuados na linha de produção da empresa em Manaus (AM) no final de 2016.

Além disso, outro fator que pesou a favor do fim do Lead 110 foi a soberania do PCX 150, que começou a ser vendido por aqui em maio de 2013. Em 2016, o Honda Lead 110 não figurava entre as 10 motocicletas mais vendidas, enquanto o PCX 150 teve mais de 22,5 mil exemplares emplacados.

Sendo assim, hoje o scooter mais em conta da Honda é justamente o PCX 150, que tem preços que partem de R$ 13.510 (preço em setembro de 2021). Ou seja, quase o dobro do preço inicial cobrado pelo Lead 110 quando ele foi lançado por aqui.

Honda Lead – preços

Confira abaixo os preços do Honda Lead 110 no mercado de motos usadas:

  • Honda Lead 110 2010 – R$ 7.787
  • Honda Lead 110 2011 – R$ 8.006
  • Honda Lead 110 2012 – R$ 8.231
  • Honda Lead 110 2013 – R$ 8.784
  • Honda Lead 110 2014 – R$ 9.032
  • Honda Lead 110 2015 – R$ 9.285
  • Honda Lead 110 2016 – R$ 9.545

*Preços com base na tabela Fipe em outubro de 2022.

Honda Lead 110 11

Honda Lead – motor

O motor utilizado pelo Honda Lead é um OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, quatro tempos, com duas válvulas e arrefecido a líquido, com capacidade cúbica de 108 cm³ e abastecido somente com gasolina.

Tal propulsor é dotado do sistema de injeção eletrônica de combustível PGM-FI, que é utilizada até hoje pelas motocicletas novas da Honda.

Ele consegue desenvolver 9,2 cavalos de potência, a 7.500 rpm, e 0,97 kgfm de torque, a 6.000 rpm.

Junto a este propulsor está o câmbio automático V-Matic do tipo CVT, que proporciona maior conforto e uma pilotagem simples, visto que dispensa as trocas manuais de marcha: o sistema faz tudo sozinho e o piloto só precisa acelerar e frear.

Segundo dados, o Honda Lead 110 conseguia entregar consumo médio de até 35 km/l. Um número bastante interessante, o que garantia autonomia de até cerca de 230 km com um tanque de gasolina completo.

Honda Lead 110 12

Honda Lead – manutenção e revisões

Por se tratar de uma motocicleta de concepção simples, o Honda Lead 110 tem manutenção e revisões descomplicadas. Assim como boa parte dos demais modelos da marca, é preciso fazer a manutenção periódica simples, que inclui, entre outros itens, a checagem de filtro de ar, fluidos da suspensão, vela de ignição, freios e pneus.

Além disso, caso você esteja interessado por um exemplar usado do Lead, é válido solicitar o manual do proprietário e checar se o antigo dono do modelo realizou as revisões conforme solicitado pelo fabricante.

Isso indica que o scooter rodou com manutenção em dia, sem gerar muitas complicações mecânicas durante todo esse tempo.

Honda Lead – ficha técnica

Motor
TipoOHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, 4 tempos, 2 válvulas e arrefecido a líquido
Cilindrada108 cc
Potência máxima9,2 cv a 7.500 rpm
Torque máximo0,97 kgfm a 6.000 rpm
TransmissãoAutomática tipo CVT
Sistema de partidaElétrico
Diâmetro x curso50 mm x 55 mm
Relação de compressão11:1
Sistema de alimentaçãoInjeção eletrônica PGM-FI
CombustívelGasolina
Sistema elétrico
IgniçãoCDI/ECU
Bateria12V – 6 Ah selada
Farol35/35W HS1 x 1
Capacidades
Tanque de combustível/reserva6,5 litros
Óleo do motor0,7 litro
Dimensões
Comprimento x largura x altura1.838 x 673 x 1.125 mm
Distância entre-eixos1.274 mm
Distância mínima do solo115 mm
Altura do assento740 mm
Peso seco108 kg
Chassi
TipoUnderbone em aço
Suspensão dianteira/cursoGarfo telescópico/90 mm
Suspensão traseira/cursoBichoque/84 mm
Freio dianteiro/diâmetroDisco simples ventilado com pinça deslizante de 2 pistões/190 mm
Freio traseiro/diâmetroA tambor/130 mm
Pneu dianteiro90/90 – 12 44 J sem câmara
Pneu traseiro100/90 – 10 56 J sem câmara

Honda Lead – fotos

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do WhatsappeCanal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



leonardo
Autor: Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.

PG jogos Mapa do site