PG jogos

Confira os 57 carros que serão lançados no Brasil em 2023!

bmw m2 2023 7

O mercado automotivo brasileiro deverá receber dezenas de lançamentos de carros para o ano de 2023 e muitos deles serão de carros inéditos, mas outros serão atualizados e também simplesmente versões.

Com um mercado esperado de 2,2 milhões de veículos, com um crescimento médio estimado de 5%, o Brasil receberá produtos que ampliarão muito o portfólio de algumas marcas.

Além disso, espera-se ainda um aumento na oferta de carros elétricos e híbridos, tanto PHEV quanto HEV, além de alguns MHEV de 12V ou 48V.

Nesta lista, temos as principais marcas presentes no Brasil, sendo parte delas com lineup totalmente importado, mas muitas com lançamentos que serão feitos aqui.

Em ordem alfabética, confira os lançamentos de carros que chegarão ao mercado automotivo do Brasil em 2023:

Abarth

Abarth 500e

abarth 500 ev 5

O Abarth 500e será introduzido no mercado brasileiro como uma opção importante para a submarca, que já tem o Pulse Abarth, sendo o elétrico um hot hatch com motor de 155 cavalos e 23,9 kgfm.

O subcompacto usa bateria de lítio de 42 kWh, tendo ainda três modos de condução e aceleração de 0 a 100 km/h em 7 segundos, além de um som grave digitalizado para criar um ambiente divertido.

Abarth Fastback

A Fiat tem atualmente o Fastback com uma edição limitada da Abarth, mas não é um produto da submarca, porém, logo esta opção sairá de linha e a Abarth virá com um versão definitiva do crossover de estilo cupê.

Nesse caso, o Fastback Abarth manterá o motor da edição limitada, o GSE 1.3 Turbo com até 185 cavalos e 27,5 kgfm, além de câmbio automático de seis marchas e preparação esportiva.

Audi

Audi Q4 e-tron

audi q4 etron 4

 

Feito sobre a plataforma modular MEB da VW, o Audi Q4 e-tron será outro lançamento para 2023, que chegará em duas opções de carroceria e com ênfase em atingir produtos como o Volvo XC40 elétrico, por exemplo.

Tendo quatro versões na Europa, o Q4 e-tron pode chegar com tração quattro e potência de 300 cavalos com 485 km de autonomia, garantindo de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos.

Audi Q4 e-tron Sportback

Já o Audi Q4 e-tron Sportback será a carroceria de estilo cupê, que tem uma proposta mais individualista e esportiva, compartilhando o mesmo powertrain elétrico, porém, a Audi pode explorar ainda mais a coisa.

Nesse caso, a Audi pode trazer as duas carrocerias com tração traseira apenas e 204 cavalos com 31,5 kgfm, tendo esta opção, autonomia de nada menos que 520 km.

Audi Q8 e-tron

Lançado recentemente, o Audi Q8 e-tron é o antigo e-tron SUV e também o e-tron Sportback, sendo uma atualização do produto que o NA já testou com a nomenclatura anterior.

O Audi Q8 e-tron ganhou baterias mais robustas de 114 kWh com autonomia de 582 km no SUV e 600 km no Sportback, com o SQ8 e-tron sendo uma opção que pode vir ou não.

BMW

BMW M2

bmw m2 2023 2

Fabricado no México, o novo BMW M2 é presença garantida no Brasil em 2023, sendo um cupê esportivo de visual controverso, pois, apresenta formas quadradas no frontal, que não cansam com o estilo atual da marca.

Apesar de estranho, sofrendo influência do estilo exótico do XM, o novo M2 tem um seis em linha preparado com 3.0 e 460 cavalos, além de 56,7 kgfm e com câmbio manual de seis marchas e tempo até 100 km/h em 4,2 segundos.

BMW iX1

O BMW iX1 deverá chegar ao Brasil em 2023 para rivalizar com o Audi Q4 e-tron numa proposta de tração nas quatro rodas com seus motores de 313 cavalos e 50,4 kgfm.

O iX1 é da nova geração do SUV da marca alemã com bateria de lítio de 64,7 kWh com autonomia de 440 km no ciclo WLTP, tendo assim um desempenho ótimo.

BMW X1

A nova geração do X1 já foi confirmada para produção no Brasil, onde a BMW tem fábrica em Araquari, região de Joinville, Santa Catarina, ao lado de Série 3, X3 e X4, mantendo o ritmo da fábrica.

Tendo várias mudanças estéticas e de conteúdo, chegará com motor 2.0 de 192 cavalos, assim como a versão mais potente com 265 cavalos, sendo esta última com tração nas quatro rodas.

BMW i7

bmw 7 2023 9

Também com visual diferente, o BMW i7 é um sedã de luxo com propulsão 100% elétrica e que deve figurar no mercado premium nacional, com uma proposta diferenciada.

Com tecnologias como TV 8K e poltronas de alta luxo, o i7 tem dois motores elétricos de 544 cavalos e 76 kgfm, com tempo até 100 km/h de 4,7 segundos e com alcance de 625 km no ciclo WLTP.

BMW X7

O BMW X7 sempre foi um SUV necessário para a marca alemã, já que tem espaço para sete pessoas ante os cinco assentos dos X5 e X6, sendo agora o maior modelo da marca.

Tem um motor seis em linha 3.0 de 375 cavalos, além de uma versão diesel 2.0 de 347 cavalos, mais transmissão automática de oito marchas e tração nas quatro rodas.

BMW XM

Exótico e controverso, o BMW XM utiliza uma designação que foi antigamente usada pela Citroën, com um carro igualmente exótico e disruptivo, algo que a marca busca se diferenciar e impactar.

Híbrido e musculoso, o XM tem um V8 4.4 de 490 cavalos e um motor elétrico de 197 cavalos, totalizando 653 cavalos, indo de 0 a 100 km/h em 4,3 segundos.

BYD

BYD Dolphin

byd dolphin 1

O pequeno hatch da BYD chegará ao Brasil no próximo ano, igualmente importado, com porte de Chevrolet Onix, tendo 4,13 m de comprimento, 1,77 m de largura, 1,57 m de altura e 2,70 m de entre eixos.

Seu motor elétrico tem 90 cavalos e a bateria de 44,9 kWh, tendo assim autonomia de 405 km, sendo um produto que deverá custa abaixo de R$ 200 mil.

Caoa Chery

Chery Omoda 5

omoda c5 5

O Caoa Chery Omoda 5 será outro produto da marca que chegará em 2023, tendo provavelmente motor 1.5 Turbo Flex com sistema MHEV de 48V, entregando assim 160 cavalos e 25,5 kgfm.

Com CVT, o Omoda 5 será um intermediário entre o Tiggo 7 Pro e o Tiggo 8 Pro, custando pouco acima dos R$ 200 mil.

Chevrolet

Chevrolet Bolt EUV

bolt euv 2022 1

O Bolt EUV já foi confirmado pela GM e chegará ao mercado em 2023, sendo a versão crossover da minivan Bolt, compartilhando com ela o conjunto motriz de 203 cavalos e 36 kgfm.

Com bateria de 66 kWh, o Bolt EUV tem autonomia de 402 km e tem porte de 4,31 m de comprimento, mas seu preço deverá ficar na casa dos R$ 330 mil.

Chevrolet Silverado

A picape grande da Chevrolet chegará no próximo ano como uma resposta à Ram 1500, sendo que provavelmente, para enfrentar a Rebel, a GM deve trazer a Silverado ZR2 com motor V8 6.2 litros de 431 cavalos e 63,4 kgfm.

Com transmissão automática de 10 marchas, a mesma do Camaro, a Silverado tem tração 4×4 com reduzido e cabine dupla, além de um pacote de equipamentos bem completo.

Citroën

Citroën C3 Aircross

O hatch compacto da Citroën ganhará um modelo maior, com sete lugares, que no Brasil será o Novo C3 Aircross que compartilha a plataforma modular CMP.

Com produção em Porto Real-RJ, o Novo Citroën C3 Aircross poderá ter motores 1.6 de até 120 cavalos ou motor 1.0 Turbo de até 130 cavalos.

Fiat

Fiat Pickup

fiaty

Derivada da Peugeot Landtrek, a futura picape média da Fiat foi confirmada pela Stellantis e deverá chegar ao mercado nacional com cabine dupla, que terá motor diesel 2.2 de 204 cavalos e transmissão automática de oito marchas.

Com tração 4×4 e reduzida, a picape da Fiat ainda não teve o nome revelado, mas certamente será de inspiração italiana, mas versões e outros detalhes ainda não são conhecidos.

Ford

Ford Maverick Hybrid

Já confirmada, a Maverick Hybrid chegará ao Brasil em 2023 com motor 2.5 Duratec Atkinson e motor elétrico, entregando 194 cavalos e com transmissão CVT.

Tendo tração dianteira, a picape de cabine dupla da Ford precisa custar menos que sua equivalente FX4, que tem motor 2.0 de 253 cavalos e tração AWD.

Novo Ford Mustang

mustang 23 1

O Mustang S650, como é conhecida a nova geração, chegará ao Brasil na versão GT com motor V8 5.0 Coyote atualizado, entregando agora 487 cavalos, mas com pacote de escape em que alcança 493 cavalos.

O bólido mantém o câmbio automático de dez marchas e a tração devidamente traseira, sem opção AWD ou qualquer eletrificação.

Ford Mustang Mach E

O Mustang Mach E é outro que chega, mas importado do México, com a versão GT esperada e trazendo os mesmos 487 cavalos do pony car, porém, numa carroceria de crossover com estilo cupê e tração nas quatro rodas.

Na versão GT, o Mach E vai de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos com máxima de 200 km/h, além de autonomia de 500 km no ciclo WLTP.

Ford F-150

A picape grande da Ford chegará com motorização V8 5.0 Coyote com 406 cavalos, além de transmissão automática de 10 marchas, sendo a mesma da Silverado, Camaro e Mustang.

Como o peso é elevado e a com motor diesel não se pode rodar com a CNH B, a estratégia da Ford deve ser a mesma da GM, de modo a seguir a Ram.

Novo Ford Territory

equator sport 1.jpg

Já em testes no país, o Ford Equator Sport substituirá o Territory atual, possivelmente assumindo o mesmo nome, que já é conhecido no mercado nacional.

Com cinco lugares e 4,63 m de comprimento, o SUV chinês chegará com motor 2.0 EcoBoost de 253 cavalos, câmbio de oito marchas e tração AWD, mesma configuração do Bronco Sport.

Nova Ford Ranger

A Nova Ranger chegará em 2023 com produção na Argentina, trazendo carrocerias de cabine dupla e mais tecnologia, além de assistência ao condutor ampliada.

Com motor EcoBlue 2.0 de 170 cavalos nas versões de entradas, a Nova Ranger terá o mesmo com 213 cavalos, superando as rivais de quatro cilindros.

Great Wall

Haval H6

O Haval H6 será o primeiro carro da Great Wall oficialmente no Brasil e chegará em versões HEV e PHEV, sendo que nesta última, terá 393 cavalos e 60 kgfm.

Com consumo médio de 28 km/l, o SUV terá ainda autonomia de 1.000 km no modo híbrido e 170 km de autonomia no modo elétrico.

Honda

Honda Civic Type R

honda civic type r 2023 2

O hot hatch da marca japonesa finalmente chegará ao Brasil como um sucessor de fato do Civic Si, chegando com motor 2.0 Turbo de 330 cavalos.

Com transmissão manual de seis marchas, o Civic Type R terá carroceria hatchback e preparação para obter o melhor rendimento na pista e nas ruas.

Honda Civic Hybrid

Dando continuidade ao Civic, o Novo Civic Hybrid chegará ao mercado nacional em 2023 com propulsor 2.0 de ciclo Atkinson e mais um motor elétrico, entregando 145 cavalos no primeiro e 109 cavalos no segundo.

Com isso, o Civic Hybrid terá 184 cavalos combinados e uma boa média de consumo, sendo a versão híbrida que nunca foi vendida aqui em gerações anteriores.

Honda ZR-V Hybrid

O crossover de porte médio da Honda virá do México com a missão de peitar o Toyota Corolla Cross e poderá dispor de duas motorizações, com a híbrida sendo a mais esperada.

Nesse caso, com motor 2.0 e entregando 192 cavalos, enquanto a versão 1.5 Turbo pode chegar com 178 cavalos, além de CVT.

Honda Novo CR-V Hybrid

novo crv 4

O Novo CR-V chegará ao Brasil com propulsão híbrida, sendo a nova geração do SUV médio da Honda, que ostentará motor 1.5 Turbo e um sistema elétrico que permitirá 204 cavalos, com câmbio CVT e tração AWD.

Tendo consumo menor, o CR-V Hybrid será o mais caro modelo da Honda ao lado do Civic Type R, mantendo assim o produto antenado com o consumidor brasileiro.

Hyundai

Novo Hyundai Tucson

A nova geração do Tucson já é vendida na América Latina e agora só falta chegar ao Brasil, ostentando motorização 1.6 TGDI com sistema micro híbrido MHEV de 48 volts.

Com ele, o SUV médio da marca sul-coreana terá 180 cavalos e 27 kgfm, além de câmbio DCT de sete marchas e tração dianteira.

Hyundai Kona

hyundai kona 2024 2

O crossover compacto da Hyundai está em testes e deverá chegar em 2023 com duas opções de motorização, sendo uma associada com o conjunto do Kia Stonic, ou seja, 1.0 TGDI com MHEV 48V de 120 cavalos e 20 kgfm.

Já o elétrico tem motor de 136 cavalos e bateria de lítio de 39,2 kWh, que lhe confere autonomia de até 405 km no ciclo WLTP.

JAC

Sihao QX

O Sihao QX deve chegar ao mercado nacional como um modelo da JAC, possivelmente chamado E-JS6, surgindo assim como um modelo acima do E-JS4, que custa R$ 249.900.

Como diferencial, além do estilo mais moderno, pode dispor de assistência ao condutor, algo que os carros da JAC ainda não dispõe por aqui.

Jeep

Grand Wagoneer

jeep wagoneer grand wagoneer 2022 7

O Grand Wagoneer é um SUV que a Jeep prepara para o mercado nacional e que chegará com motorização híbrida, possivelmente, com V8 5.7 de 426 cavalos ou mesmo o V8 6.4 de 517 cavalos.

Grand Cherokee 4xe

A nova geração do Grand Cherokee deverá chegar híbrida ao mercado nacional, aproveitando a opção da tecnologia plug-in que a Stellantis tem em seu portfólio.

Equipado com motor 2.0 Hurricane e um propulsor elétrico no eixo traseiro, o Grand Cherokee 4xe tem 380 cavalos e pode rodar 90 km com energia.

Kia

Kia EV6

kia ev6 4

O crossover elétrico da Kia será o mais destacado do portfólio da marca no Brasil, com 4,68 m de comprimento e 2,90 m de entre eixos, o EV6 tem várias versões lá fora, mas aqui deve chegar na topo de linha GT.

Esta tem motores com 585 cavalos e 75,2 kgfm, indo de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e velocidade final de 260 km/h, tendo ainda baterias de lítio-manganês-cobalto-níquel de 77,4 kWh.

Novo Kia Sorento Hybrid

O SUV médio deverá retornar ao mercado com seus sete lugares, mas com propulsão híbrida e dotada de motor a gasolina de 1.6 TGDI com duas versões de propulsão: HEV e PHEV.

Aqui, deverá ser a HEV com 230 cavalos e 35,7 kgfm, com câmbio automático de seis marchas e tração nas quatro rodas, indo de 0 a 100 km/h em 9 segundos.

Novo Kia Cerato

O sedã médio da Kia voltará como um carro comum e será o único da marca, pois, mesmo lá fora, ele não tem nem versão MHEV, apesar de ter PHEV.

Por isso, será vendido com um motor mais eficiente, provavelmente 1.6 TGDI de 177 cavalos, por exemplo.

Land Rover

Land Rover Defender 130

defender 130 10

O Land Rover Defender 130 deverá chegar no próximo ano com espaço para até oito pessoas, sendo o maior modelo da linha de acesso da marca inglesa.

Medindo até 5,35 m de comprimento, o modelo chega a ter tamanho de picape média e pode chegar com motor híbrido plug-in a gasolina ou diesel com sistema MHEV.

Mercedes-Benz

Mercedes-AMG C63 E-Performance

O mais polêmico carro da Mercedes é o AMG C63 E-Performance, que trocou o motor V8 4.0 Biturbo pelo 2.0 Turbo mais potente do mundo, adicionando ainda um motor elétrico na caixa de transmissão.

O 2.0 sozinho entrega 476 cavalos com um turbo elétrico, enquanto o elétrico tem 204 cavalos, alcançando assim 680 cavalos, indo de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos e final de até 280 km/h.

Mercedes-Benz EQE SUV

mb eqe suv 2023 2

Tal como o sedã, o Mercedes-Benz EQE SUV deverá chegar com versão 350 4Matic, tendo assim dois motores elétricos e tração nas quatro rodas.

Com 476 cavalos e 87,2 kgfm, o EQE SUV vai de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos com máxima de 210 km/h, apresentando ótima autonomia de 558 km.

MINI

Novo MINI Cooper

O Novo MINI Cooper ainda não foi revelado, mas sua chegada em 2023 é certa e ele virá ao Brasil ainda no mesmo ano, trazendo motorização possivelmente com alguma eletrificação.

Ainda assim, podemos esperar algo mais suave, como a BMW está fazendo com os novos X1 e M2, por exemplo.

Novo MINI Countryman

O Novo MINI Countryman também adotará uma nova geração e com um visual de SUV, deixando mais a linha de crossover que sempre foi parte de seu DNA, buscando mais o que o mercado quer.

Enquanto isso, seu irmão Clubman será um crossover, que também chegará ao mercado nacional e deve apostam nos motores 1.5 Turbo e 2.0 Turbo, além de versões PHEV e esportiva JCW.

Mitsubishi

Novo Outlander

mitsubishi outlander phev 2022 1

O Novo Mitsubishi Outlander foi testado recentemente e provou ser seguro no Latin NCAP, com o SUV tendo um visual mais parrudo, fruto da missão para ocupar parte do legado deixado pelo Pajero Full.

O SUV japonÊs tem versões a gasolina 2.5 de 184 cavalos e 25 kgfm, mas a versão PHEV tem motor 2.4 de 170 cavalos e dois motores elétricos de 116 cavalos na frente e 136 cavalos atrás.

Nissan

Nissan Ariya

O Nissan Ariya deverá fazer parte do lineup nacional da marca japonesa com uma proposta que pode começar em 218 cavalos e tração dianteira ou ir até 279 cavalos, para não ficar muito caro.

Com isso, o Ariya tem autonomia de 360 km ou 340 km, respectivamente, usando bateria de 65 kWh, indo de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos no AWD e 7,5 segundos no FWD.

Peugeot

Novo Peugeot 3008

O Novo 3008 chegará com visual atualizado e espera-se que pela primeira vez, abandone o propulsor Prince 1.6 THP de 165 cavalos, já cansado, apesar de o SUV médio ser um produto bem admirado pelo mercado.

Provavelmente o SUV da Peugeot chegará com mecânica híbrida plug-in de 180 cavalos, usando um propulsor elétrico e 1.6 Puretech Turbo, versão atualizada do mesmo.

Porsche

Porsche 911 Dakar

porsche 911 dakar 6

Versão aventureira do 911, a Dakar usa um propulsor boxer de seis cilindros com 3.0 litros e dois turbocompressores, entregando 480 cavalos e 57,9 kgfm, tendo transmissão de dupla embreagem PDK de 8 marchas.

Com tração nas quatro rodas, o 911 Dakar vai de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos e 340 km/h, dispondo ainda de suspensão elevada e pneus todo-terreno.

Porsche 911 T

O 911 T é o purismo da Porsche num bólido leve e feito para as pistas, porém, sua missão é mesmo andar nas ruas com o máximo de prazer ao volante, ainda mais com pedal de embreagem e alavanca de câmbio.

Seu motor é um boxer 4.0 com dois turbos, que entrega 385 cavalos, tendo uma caixa manual de sete marchas e aceleração até 100 km/h em 4,0 segundos e máxima de 291 km/h.

Ram

Ram 1200

Trata-se de um modelo esperado pelo mercado e que já está circulando em testes com camuflagem pesada da Fiat, indicando seu parentesco com a Toro, mas com proposta de ser mais uma rival da Ford Maverick.

Isso porque a Fiat terá sua Landtrek renomeada como picape do segmento médio, exatamente o que falta na Ram, não sendo nenhuma das duas, opção para o mercado americano.

Renault

Renault Mégane E-Tech

renault megane e tech electric vazado 1

O crossover de porte médio da Renault chegará no próximo ano com motor elétrico de 218 cavalos e tração dianteira, tendo bateria de 60 kWh e compartilhando o powertrain com o Ariya.

Dependendo do uso, a autonomia chega até 470 km, tendo ainda um visual moderno e um desempenho bom, indo de 0 a 100 km/h em menos de 8 segundos.

Renault Arkana

Já flagrado em testes, o Arkana chegará ao Brasil, mas não derivado do Duster, como a proposta inicial, uma vez que a Renault saiu da Rússia e não produz nada na Ucrânia, por conta da guerra.

O modelo será semelhante ao europeu, usando a plataforma modular CMF-B e a motorização pode ser a 1.3 TCe de até 170 cavalos com CVT.

Novo Renault Stepway

O nome é desconhecido, mas na Europa, ele é basicamente o Dacia Sandero Stepway com frente diferente, que pode ser chamado Novo Stepway.

Com motor 1.0 TCe de 120 cavalos e 18 kgfm, além de Start&Stop e CVT, o crossover é a alternativa ao Novo Sandero, eliminando assim o hatch.

Toyota

Toyota GR Corolla

gr corolla 17

O hot hatch da Gazoo Racing chegará anabolizado ao mercado nacional em 2023 e será o grande rival do Civic Type R, travando um duelo de esportivos que será atração por aqui.

Com o motor de três cilindros 1.6 G16E-GTS, o GR Corolla terá 304 cavalos e câmbio manual de seis marchas, além de tração nas quatro rodas.

Novo Toyota Yaris

Seguindo a Honda, a Toyota substituirá o Yaris atual pela nova geração, que é feita sobre a plataforma DNGA (GA-B), trazendo o novo Dynamic Force 1.5 de três cilindros.

Este entregará aqui por volta de 120 cavalos e terá o CVT Direct Shift com sete marchas, sendo a primeira mecânica, além de muito conforto.

Volkswagen

VW ID.4

vw id4 pro 4motion 4

O VW ID.4 deverá ser chegar em 2023 com a proposta de ser o primeiro ato de eletrificação plena da marca no Brasil, já que antes apenas o Golf GTE havia chegado perto disso.

Espera-se que venha em versões com tração traseira e 204 cavalos, bem como tração nas quatro rodas com 299 cavalos, tendo autonomia de 522 ou 482 km, respectivamente.

Novo VW Tiguan

O Novo VW Tiguan deve retornar para ser a opção anti-Commander da VW, trazendo seu motor 1.5 TSI de 160 cavalos e 25,5 kgfm ou mesmo o 2.0 TSI de 190 cavalos e 32,6 kgfm.

O SUV é fabricado em Puebla, México, devendo retornar, mas não mais na posição do R-Line, ainda que seja uma opção para apenas servir de imagem.

VW Virtus

virtus 23 mexico 1

O sedã compacto da VW terá o memso visual e proposta do modelo indiano, mas continuará com a base MQB-A0 nacional e não a derivada da Skoda, feita para aquele mercado.

O motor 1.0 TSI atualizado deve equilibrar a proposta com 109 cavalos na gasolina e 116 cavalos no etanol, tendo ainda transmissão manual ou automática, bem VW Play e pacote ADAS.

VW Nivus GTS

O crossover cupê da VW deve receber a tão esperada versão esportiva GTS como uma resposta ao Fastback Abarth, mas com motor 1.4 TSI de 150 cavalos e 25,5 kgfm.

Igualmente automática e de seis marchas, o Nivus GTS poderia retornar com a edição Pointer Edition, remetendo ao clássico Passat GTS Pointer, de mesmo porte, estilo e proposta.

Volvo

Volvo EX90

volvo ex90 4

O SUV elétrico da Volvo chegará ao mercado nacional  com duas versões de desempenho, pelo menos, sendo uma com 408 cavalos e outra, a Performance, com 517 cavalos, que poderia ser chamada de Polestar.

Com 5,03 m de comprimento, o EX90 é maior que o XC90 e tem autonomia próxima de 600 km, garantindo viagens mais longas com tranquilidade.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do WhatsappeCanal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no PG jogos, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X

PG jogos Mapa do site