PG jogos

20 Marcas de Caminhões que não estão no Brasil

marcas-de-caminhoes-que-nao-existem-no-brasil-1

O Brasil tem um importante mercado de caminhões, agregando atualmente em torno de 18 marcas. Dessas, quase 1/3 é de origem chinesa e as demais de origem europeia e americana, além de uma 100% nacional.

No entanto, quando olhamos para o mercado internacional, percebemos que ainda existem muitas bandeiras de renome que circulam fora de nossas fronteiras, sendo que algumas têm fábricas a poucos km do Brasil, mas nunca colocaram seus produtos aqui.

No momento, o mercado interno conta com Volkswagen, Mercedes-Benz, Volvo, Scania, Ford, Iveco, Hyundai, MAN, Agrale, Peterbilt, Effa (JBC/JMC), International, BYD, Sinotruk e Shacman.

Todas já comercializando produtos, além das novatas Foton, JAC e DAF, que estão chegando. Algumas das mais importantes marcas de caminhões do mundo ainda estão fora do Brasil, tal como a Renault, por exemplo.

marcas-de-caminhoes-que-nao-existem-no-brasil-2

A marca francesa não pertence ao Grupo Renault-Nissan, mas à divisão de caminhões da Volvo, que é independente da montadora de automóveis, nas mãos da chinesa Geely.

Outra marca conhecida é a americana Mack, que produz vários caminhões de porte médio e pesado.

Também é conhecido por modelos de construção civil e mineração. Os modelos Titan e Super Liner, por exemplo, são verdadeiras casas sobre rodas. A empresa também pertence à Volvo.

A também americana Freightliner é famosa, mas assim como as marcas citadas acima, também pertence a outro gigante do mercado de caminhões, a Daimler. Ela tem como destaque os modelos Columbia (foto) e Cascadia, grandes estradeiros com cabines bastante espaçosas.

Kenworth, Packard e Western Star (agora mais ainda com Transformers 4) são populares nos EUA.

marcas-de-caminhoes-que-nao-existem-no-brasil-6

Na China, temos vários fabricantes de caminhões, praticamente não temos um número exato para informar, mas devem ser dezenas, no mínimo.

As mais famosas são a FAW, com sua linha Jiefang de visual agressivo; a Dongfeng, com seus modelos mais convencionais em estilo; a JAC (sim, a mesma dos carros) com sua linha inspirada na Scania; a C&C, que tem estilo europeu e pertence à Chery (que também tem a Karry), além das que nós já conhecemos, e cujas fábricas logo estarão produzindo aqui.

Na Rússia, a Kamaz é bastante conhecida e ainda tem planos de produzir veículos no país, mas ainda nada foi concretizado. Outra grande fabricante de caminhões é a Tata Motors, cujos produtos são fruto da parceria com a Mercedes-Benz no passado.

A coreana Daewoo ainda produz caminhões.

marcas-de-caminhoes-que-nao-existem-no-brasil-8

No Japão, apenas Toyota, Honda, Suzuki e Subaru não produzem caminhões.

Fora as mais conhecidas Isuzu (que dá origem aos caminhões Chevrolet na América Latina) e Nissan Diesel, que sempre se destacam na mídia internacional, eles têm também a Mitsubishi Fuso, a Hino, a Komatsu (aqui mais conhecida por suas empilhadeiras e veículos de construção civil) e a Daihatsu.

Enfim, se apenas as citadas decidissem entrar no país, mesmo que apenas as marcas independentes, haveria um bom acréscimo de fabricantes no mercado nacional, mas a demanda não suportaria muito mais marcas no momento.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do WhatsappeCanal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Últimas Notícias



unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no PG jogos, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X

PG jogos Mapa do site